terça-feira, 26 de junho de 2012

Deixem o Ego dormir....


Olá queridos visitantes!
Bom como prometido vamos ao post.
Sobre essa guerra do sonho com a realidade pelos mangakás nacionais e até mesmo pelos fans do gênero em nosso país, já foi postado.
E quando entra o fator ego nessa lambança?
Quando tudo não sai conforme os planos, quando tudo está visivelmente desmoronando e a pessoa ou o grupo de pessoas não dão o braço a torcer, claro que temos que ter esperança, energia positiva.
Mas errar é humano, ficou claro? HUMANO!
Com os erros e tropeços que aprendemos e melhoramos, se nosso ego de Superman  não deixa ver isso, foi tudo pro brejo.
Não é feio você assumir um erro, na verdade fica mais feio quando a pessoa insiste em disfarçar como se tudo tivesse indo bem, sendo que a realidade prova o contrário.
Por mais dificuldades temos no meio de mangá no Brasil, não assumir essas dificuldades e continuar nesse mundo cor de rosa dos sonhos que muitos vivem é burrice, porque no final, não se levou para lugar nenhum.
Como queremos ter um mercado de mangá nacional, se nós como produção não somos sérios?
Na maioria perdemos um tempo valioso em insistir em algo que já afundou e deixamos de pensar em uma reformulação por causa do bendito ego.
Já aconteceu isso comigo, foi no caso do shounem, mas não gasto mais meu tempo em discutir com pessoas sem argumento, já paro tudo, e penso em reformulações que uma hora vai dar certo.
Seria essa solução pra tanta coisa por ai?
A tal “revista famosa”, a editora do editor de mesa de plástico do Anime Friends e até mesmo essa enrolação por parte da HQM com os mangás das meninas do Futago.
Temos que sair desse mundo dos sonhos, matarmos esse ego e encarar a realidade de frente.
Até quando vamos sonhar, nos basear em um mercado, uma vida de um país de primeiro mundo lá do outro lado mundo, e acordar e ver que nossa realidade é bem, mas bem diferente.
E se não fizermos algo, sempre estaremos aqui, nos baseando em Top vendas de mangás do Japão, e não conseguimos emplacar nem se quer uma meia estória.
Vamos acordar!
Té mais!
Abraços.

Um comentário:

  1. Ai,Ju...tem hora que dá até desgosto!
    Como se já não fosse grande a dose de problemas pra se lançar algo novo, muita gente quando consegue a chance de lançar o faz sem a tão prometida inovação. E o barco afunda. Nessa hora começa uma caça aos culpados e sempre é culpa do outro, ninguém assume que pode ter sim,errado. E que pode também usar esse erro como degrau.
    Mas é assim mesmo, enquanto a grande maioria insistir em comer arroz e feijão e arrotar sushi não vão sair do lugar. Continua tudo na base do delírio!

    ResponderExcluir